• Dez adolescentes fogem do Centro de Atendimento Socioeducativo de Anápolis Segunda-feira, 04/09/2017 às 16:47:05

    Dez menores de idade que estavam cumprindo internação no Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) de Anápolis, fugiram no domingo, dia 03. Os adolescentes estavam no banho de sol quando utilizaram um poste para saltar o muro do local. A Polícia Militar faz buscas para tentar localizar os internos.

    O caso aconteceu na manhã de domingo, no Case que foi entregue há menos de uma semana. De acordo com funcionários da unidade, 26 menores estavam no local no momento da fuga. Dez deles empurraram um poste de luz, amassando-o em direção do muro. A estrutura foi usada como rampa para os adolescentes fugirem.

    Em nota, a Secretaria Cidadã, responsável pela unidade, informou que “irá instaurar procedimento para averiguar se houve omissão ou negligência por parte de servidores ou da segurança”.

    Reclamações 

    Funcionários da unidade relataram à equipe de reportagem que o prédio não estava pronto para receber os menores. De acordo com eles, que não quiseram gravar entrevista, diariamente são retirados restos de construção, como pedaços de ferros, que podem ser usados como armas brancas.

    Além disto, os servidores reclamam que o Case é muito grande para a quantidade de funcionários, o que, segundo eles, dificulta no monitoramento dos internos. Eles afirmaram que no momento da fuga de domingo, quatro servidores tomavam conta dos menores. Além disto, eles mais equipamentos de segurança.

    Sobre as reclamações, a secretaria informou que o local foi planejado e aprovado pelo Ministério dos Direitos Humanos e que “o projeto arquitetônico da nova unidade do Case em Anápolis foi construído de forma a atender as mais modernas especificações de segurança”.

     Fonte/Foto: G1 Goiás/Portal 6